terça-feira, 1 de janeiro de 2019

O-BOPEN E A INDEPENDENCIA DE UMA MULHER DENTRO DO SISTEMA !

Ser uma mulher forte e independente significa ser capaz de encontrar felicidade por conta própria.      
Ter autoconfiança sem ter de depender da aprovação de outras pessoas ou da sociedade. Significa ter independência emocional e ser capaz de ter um relacionamento saudável com outros, sem cair em padrões comportamentais de dependência. Significa ainda aprender a expressar o que está no seu âmago, seja você tímida e meiga ou intensa e assertiva. Não é preciso tentar encaixar-se em um determinado molde.  
Continue a ler para aprender como aceitar a mulher que você é e a que deseja tornar-se. Coloque-se em primeiro plano. Quando perceber que precisa de algo, seja intimidade, afeto ou atenção, dê a si mesma o que necessita. Se precisar de atenção, tire um dia para se mimar de algum modo.
Caso necessite de intimidade, dedique um tempo escrevendo no diário ou explorando a natureza. Se precisar de carinho, dê afeto a si mesma pensando no que ama em você ou levando-se para jantar fora e pegar um cinema. Quanto antes puder atender suas necessidades emocionais, mais saudáveis serão seus relacionamentos, pois você vai conhecer e entender-se, o que a torna mais capaz de se comunicar com seu companheiro.
Não se compare a outras mulheres.
Ter uma mulher para servir de modelo é muito bom. Apenas tenha o cuidado de não se tornar uma invejosa. Embora a inveja seja natural até certo grau, a sociedade ocidental tende a estimular esse sentimento nas mulheres, por meio de comerciais e filmes que exibem padrões irreais.

Estabeleça limites objetivos para as pessoas e comunique a elas a sua necessidade de ter a própria independência. Depois de discutir os limites, cumpra-os.
  • Essa inveja ou rancor são chamados de "agressão relacional".
Estudos mostram que a mídia exerce um papel importante na formação da agressividade relacional nas mulheres. As mulheres vítimas disso têm mais tendência à baixa autoestima e a sentimentos de rejeição e solidão.

O resultado disso é uma cultura onde as mulheres se sentem inseguras e infelizes consigo mesmas.

1)Reconheça quando sente inveja.
O primeiro passo para superar a inveja é reconhecer quando você a sente. Ao se pegar lendo uma revista e comparando o seu corpo com o das modelos, pare por um momento. Lembre-se de que:
  • a) essas mulheres são pagas para ter essa aparência e muitas delas levam uma vida insalubre para manter tal imagem 
  • b) a câmera engorda, e essas mulheres que parecem “perfeitas” nas revistas ou nos filmes na realidade são abatidas.
2)Estabeleça limites claros.
  • Estabeleça limites claros que priorizem suas necessidades. Por exemplo, estabeleça limites que considerem quanto tempo você dedica aos outros, ou que tipo de críticas você não quer ouvir. Tenha outras coisas na vida além do relacionamento romântico, seja escola, trabalho, amigos, uma rotina de ginástica ou família.
 3) Defenda-se.
  • Sendo homem ou mulher, você vai ter que aprender a se defender na vida real se quiser evitar que tirem vantagem de você. É necessário aprender a se defender na escola, no trabalho e na vida social. Tente ser assertiva. Não tenha vergonha ou arrependimento de se auto afirmar.  
4)A assertividade é o meio termo entre passividade e agressão.
 
Pessoas assertivas de verdade são mais felizes em seus relacionamentos e têm maior autoestima.
Fale mais na primeira pessoa. Esse modo de se declarar é menos recriminador; pelo contrário, ele passa a mensagem de que você se responsabiliza pelas suas atitudes e sentimentos.
Por exemplo: em vez de dizer
  •  “Você nunca me escuta”,
Você pode dizer:
  • “Eu me sinto ignorada toda vez que você fica mexendo no celular quando fala comigo.”.
Aprenda a dizer não. Ponha as suas necessidades na frente, em vez de sempre colocar as outras pessoas em primeiro lugar. Se alguém sempre pedir dinheiro emprestado, por exemplo, você pode negar. Se uma amiga vive pegando o seu carro, você pode dizer a ela que o carro não está mais disponível.
 
5)Acredite em si mesma.
  •  Ao acreditar em suas habilidades e conquistas, você transmite mais força. Vá atrás do que precisa e deseja. Quando você não inspira confiança ou se faz de vítima, corre o risco de deixar que os outros passem por cima de você, em vez de conseguir o que precisa e deseja.
 6)Fale com as pessoas quando elas a magoarem.
  • Se alguém a trair de algum modo, deixe-o ciente. Pode ser difícil compartilhar seus sentimentos, principalmente quando se está ferido ou zangado. Mas falar ao outro o que sente pode ajudar a evitar que a pessoa repita esse comportamento no futuro.


Por exemplo, você pode dizer: “Fiquei magoada quando você disse que não gosta do meu cabelo. Eu adoraria que não fizesse mais nenhuma crítica à minha aparência.”.

7)Não ignore comentários desrespeitosos e ofensivos.



Se ouvir alguém dizendo alguma coisa machista, racista, ou outro tipo de comentário desrespeitoso, não deixe isso passar. Isso não significa necessariamente que tenha que começar uma discussão. Diga tranquilamente à pessoa que o que ela falou não é aceitável.

  • "Por favor, não fale sobre as mulheres dessa forma."
Poderíamos evitar comentários negativos sobre Muçulmanos?
  • "Por que você se sente dessa forma?"
 9)Aprenda a reconhecer a sua dependência.


Se você for dependente, pode acabar descobrindo que o relacionamento define a sua vida. Você pode ficar pensando obsessivamente no outro e só tomar uma decisão depois de falar com ele. Faça um esforço para superar a dependência ficando alerta para os seguintes sinais:


  • Baixa autoestima
  • Querer agradar a todos
  • Não saber estabelecer limites
  • Mudar para agradar aos outros
  • Cuidar de todos
  • Controle
  • Comunicação não funcional
  • Obsessões
  • Dependência
  • Negação
  • Problemas com intimidade
  • Emoções dolorosa

10) Compreenda a sua singularidade e a dos outros.


  • Tente cultivar compaixão e felicidade pelo fato de que todas as pessoas têm talentos e dons próprios, incluindo você! Toda mulher tem uma qualidade principal, seja ela habilidade com matemática, pintura ou liderança. Abrace suas habilidades e recursos e se ame pelo que tem.

Se você achar alguém talentoso, comunique sua impressão.

Tente ser mais tranquila com seu corpo. Muitas mulheres, em algum grau, se sentem desconfortáveis com a aparência física, principalmente quando estão nuas. Pode ser difícil se sentir melhor com o visual, mas tente concentrar-se na parte do corpo que você mais gosta.
  • Pense nas diversas partes de seu corpo e como elas combinam com o resto.

Um bom caminho para se sentir mais confortável com o corpo é deslizar as mãos por ele todo.
  • Descubra o que gosta e faça isso. Torne-se a sua própria amante.

Caso o seu parceiro critique a sua aparência, afirme-se dizendo a ele que você acha esses comentários nada solidários.


 Encontrar um exemplo de mulher forte pra se seguir pode ajudá-la a ter a inspiração necessária para se sentir mais independente.


  • Esta mulher pode ser um membro da família, uma militante/sufragista, uma artista ou uma política.
Tenha amor-próprio e respeito por si mesma.
  • O que jogamos no universo geralmente nos retorna. É a lei do carma, portanto, esteja ciente das suas ações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O-BOPEN E UM AVISO AOS COXINHAS E BOLSOFANTOCHES!VOCÊ É BURRO OU GOSTA DE CORRUPTO?

A caixa preta do Sistema Neoliberal Capitalista sobre o voto contra *corrupção*,na verdade é um ciclo vicioso deste sistema em todas as ele...