domingo, 24 de junho de 2018

SUBVERSÃO IDEOLOGICA DE ESQUERDA REVERSA , VEREMOS COMO SE DÁ ESSE PROCESSO.!!!

VOCÊS PRECISAM TER UMA IDEIA BASICA DE COMO CONSEGUIR DERRUBAR MILITANCIA DIREITA !
 As etapas da Subversão Ideológica de Esquerda Reversa!!!!

 As 4 Fases da Subversão Ideológica aplicada pelos Estados Unidos PRECISAM SER REVERTIDAS O MAIS RAPIDO POSSIVEL!

Fase – Desmoralização 
2ª Fase – Desestabilização 
3ª Fase – Crise 
4ª Fase – Normalização

Vamos a desmoralização que deve ser aplicada , eu comecei sozinho para desmoralizar Sergio Moro perante a sua militância amarelada que foi um processo de desmoralização dos atos do judiciário sulense , que tem acontecido durante os últimos meses para proteger o governo do PT e Lula, já se encontra em fase de conclusão. Na verdade, ainda não está concluído, porque precisamos de mais união dos esquerdistas , uma vez que o sucesso da desmoralização hoje com os novos membros da O-ME ,poderá atingir outras áreas que nem mesmo os defensores e a própria militância e os seus políticos de Direita teriam sonhado. E essa desmoralização pode ser feita por nós esquerdistas e por nossos político da esquerda no Brasil com padrões morais e verdadeiros para a Subversão Ideológica de Esquerda reversa.

1. A desmoralização da sociedade militante e dos políticos da direita
A primeira etapa compreende o trabalho através de um tempo suficiente para educar ao menos uma geração de estudantes (15 a 20 anos), estabelecendo e construindo sua mentalidade e sua personalidade, que refletirá adiante, em um modelo mental necessário à revolução DE ESQUERDA

OS JOVENS IDIOTAS USADOS PELA DIREITA
Os "idiotas coxinhas inúteis" citados em muitos áudios e matérias, são os agentes principais utilizados para os ataques aos conceitos de auto responsabilidade, à crença e à família. São esses famosos “inteligentinhos”, para usar um termo de Pondé, travestidos com um senso moral dentro da sociedade, os mais efetivos instrumentos para a transformação das mentes. Para isso, utilizam vários meios como o sistema educacional ou a mídia, onde a opinião pública é formada e moldada.

O apoio ao feminismo, ao politicamente correto, a grupos como blackblocks, MBL, MPR, ao armamento civil, o suporte à irracionalidade que se transformou a ideologia de gênero, raça e religião, enfim… Tudo isso colaborou com a transposição da lei e da ordem e a inversão da ética e da moral.

O MOMENTO DA REAÇÃO POR NOVOS MEMBROS

LÊNIN FOI UM GRANDE SUBVENTOR DE ESQUERDA REVERSA E NINGUÉM NUNCA SE DERAM CONTA DE SEU PODER QUE VINHA DESTA TÉCNICA!

Então chegou o momento de revertemos isto com as mesmas armas da SUBVERSÃO IDEOLOGICA revertidas para a esquerda, trabalhado a verdade, contra estes coxinhas, mas para isto você deverá fazer uso de muita leitura e se preparar para o enfrentamento para derrubar as mentes da militância da direita assim estará enfraquecendo as extremidades dos políticos de Direita.

Como a violência não poderá justificar uma suposta justiça social.

O objetivo deste trabalho de analise da SUBVERSÃO IDEOLOGICA DE ESQUERDA REVERSA não é estender ainda mais o artigo, pois desejo incentivar a visualização do vídeo, que é uma aula de racionalidade. É um discurso realizado de forma didática e principalmente, com uma análise de ambos os lados da moeda.

 
VOCÊ PODE SER UMA DAS VÍTIMAS DA SUBVERSÃO CAPITALISTA!

Isto mesmo, seus questionamentos é um efeito da Subversão Ideológica de Esquerda Reversa.

Se quiser continuar aprendendo sobre a Esquerda terá que suportar o antídoto contra Subversão Capitalista!

Durante 30 anos ela foi aplicada na população brasileira.

Você é uma das vítimas.

O trabalho da O.M.E -Organização Mundial de Esquerdista, faz parte da Subversão Ideológica de Esquerda a Reversão .
 
Uma nova Organização e seus membros!

Seja Bem vinda!
O-ME A ORGANIZAÇÃO MUNDIA DE ESQUERDA + A O-BOPEN - A ORGANIZAÇÃO DOS BOYNAS PRETAS ESQUERDISTAS NACIONAL = SUBVERSÃO IDEOLÓGICA REVERSA DE ESQUERDA!
Sejam bem vindos!
Generais ( Em breve o General da O-ME estará entre nós)
Comandantes
Capitães
Tenentes
Sargentos
Cabos
Soldados
Militantes
A guerra fria politica ficará mais intensa.
 
 A subversão reversa ,porque a midia usou a Subversão Ideológica de Direita alienando as pessoas.

Estude sobre a Subversão Ideológica.


                                                           Atenciosamente ....

                                                               Comandante

                                  O-ME A Organização Mundial de Esquerdista


 

sexta-feira, 22 de junho de 2018

A SUBVERSÃO IDEOLÓGICA REVERSA DE ESQUERDA!!SERÁ QUE VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA ESTA REVERSÃO?

VOCÊ É UM DESTES ESQUERDISTAS COM SABEDORIA SUFICIENTE PARA ESTA REVERSÃO?

Como a teoria da subversão ideológica, relatada por Yuri Besmenov, ajuda a elucidar os métodos utilizados pelos partidários da Revolução Cultural, o despertar em muitos esquerdistas inovadores a reversão de um “ estado totalitário" e a consequente asfixia das liberdades individuais, para um formato de estado paralelo com mais direitos a população, será que você é um destes esquerdistas com sabedoria suficiente para esta reversão?

Yuri Besmenov é um ex-agente da KGB, serviço secreto da antiga União Soviética. Sua existência sob uma outra roupagem, mais “globalista”, ainda é defendida por muitos estudiosos. Analisando-se as recentes movimentações da Rússia e uma manifestação mais evidente e crescente do movimento eurasiano, não é algo difícil de acreditar. Afinal, quanto mais poderoso e onipresente é um órgão, mais ele terá a força de negar sua própria existência.

Mas não é sobre a KGB ou o eurasianismo que escrevo hoje, e sim sobre as táticas que um Estado totalitário usa para erradicar a liberdade de seus cidadãos. A importância do tema advém do fato de que a compreensão desse processo e a vigilância constante são altamente necessárias para resguardar nossos
direitos naturais.
  • Uma condição que ninguém devia desejar perder.
 
Yuri Bezmenov, a subversão ideológica e a Revolução Cultural
 
Bezmenov, após sua deserção para o Ocidente, ficou famoso nos anos 80 por revelar tais estratégias, mas é solenemente ignorado por quase toda a mídia na análise política. Tenho insistido em meus textos nesse blog que em diversos países existem grupos no poder que não respeitam a liberdade individual e a “democracia” tal como entendemos hoje, mas agem silenciosamente na construção da Revolução Cultural.

  • E há uma conivência assustadora da sociedade com essa situação.
 Difundida no século passado por Antônio Gramsci, a Revolução Cultural semeia nas pessoas premissas como a inevitabilidade da presença permanente do Estado em suas vidas. Impede, entretanto, que elas percebam que tal crença as levarão fatalmente à supressão de sua própria autonomia. Bezmenov apresenta essas técnicas empregadas por esses grupos através do conceito de "subversão". Independente do nome utilizado, o objetivo é a manipulação cultural e psicológica das massas propiciando o estabelecimento de regimes revolucionários.
 
             AS ESTRATÉGIAS UTILIZADAS PELA  REVOLUÇÃO CULTURAL

Bezmenov elucidou as estratégias de subversão ideológica utilizadas pelos partidários da Revolução Cultural. O conceito negativo de subversão não é percebido, entretanto, pelos seus agentes. Existe um método muito eficaz de assimilação, através da manipulação de ideias e das palavras (recordar aqui de George Orwell e de seu termo duplo pensar pode ajudar tal percepção para quem se dá o tempo e o trabalho de observá-la - Besmenov considerava-se, inclusive, um novo Winston Smith, protagonista do romance 1984).

Segundo ele, os subversores principais não são os bandidos que queimam ônibus. Gramsci já havia percebido que o meio belicoso para se atingir tais fins não era o mais eficiente. Os subversores podem estar ocultos sob as atividades de um jornalista, um professor ou um astro da mídia. Tais agentes, vendidos como o lado bem-intencionado da sociedade, possuem o aparato estabelecido como moral e legal para subverter as mentes. Mentes que, a cada consentimento, reforçam ainda mais o poder do agente manipulador.

O ponto-chave do sucesso dessa manipulação, contudo, é garantir que tais agentes não possuam plena consciência do papel que representam. Talvez os leitores já tenham ouvido o termo "idiotas úteis". Como fantoches, são, ao mesmo tempo, manipuladores e manipulados, e usam o seu capital social para canalizar as piores influências na sociedade que os venera.

VEREMOS COMO SE DÁ ESSE PROCESSO.

As etapas da subversão ideológica

1. A desmoralização da sociedade

A primeira etapa compreende o trabalho através de um tempo suficiente para educar ao menos uma geração de estudantes (15 a 20 anos), estabelecendo e construindo sua mentalidade e sua personalidade, que refletirá adiante, em um modelo mental necessário à revolução.



Os "idiotas úteis" citados anteriormente, são os agentes principais utilizados para os ataques aos conceitos de auto-responsabilidade, à crença e à família. São esses famosos “inteligentinhos”, para usar um termo de Pondé, travestidos com um senso moral dentro da sociedade, os mais efetivos instrumentos para a transformação das mentes. Para isso, utilizam vários meios como o sistema educacional ou a mídia, onde a opinião pública é formada e moldada.

O apoio ao feminismo, ao politicamente correto, a grupos como blackblocks, MBL, MPR, ao armamento civil, o suporte à irracionalidade que se transformou a ideologia de gênero, raça e religião, enfim… Tudo isso colaborará com a transposição da lei e da ordem e a inversão da ética e da moral.


2. A desestabilização do sistema

No passo seguinte, a inversão de valores assume seu protagonismo. Com as mentes já amaciadas, é fácil criar um valor, rotulá-lo como o lado do “bem” e considerar todos aqueles que não compactuem com esse valor, como pessoas do lado do “mal”. A divisão da sociedade, em
raças, classes e direitos, é intensificada. Discursos como “nós” e “eles” tornam-se populares, com grande aplauso das massas. O maniqueísmo beira à loucura. Algo soa familiar nos últimos anos de nosso país?

Inicia-se o ataque das instituições e a desorganização econômica, com a necessidade de atacar o sistema político e social clamando por "reformas". Cria-se uma situação onde os acordos deixam de ser o objetivo final para tornarem-se confrontos, quase sempre através da agressão moral das liberdades individuais. Tais embates são vistos como necessários pela sociedade, consentidos pela etapa anterior da subversão ideológica: a desmoralização do sistema social estabelecido.

A desestabilização do sistema alcança enfim o aparelhamento das instituições, onde é criada uma estrutura de poder e corrupção com o objetivo de financiar e propagar ainda mais a Revolução Cultural, inclusive para outros Estados. Novamente, leitor, isso soa familiar nos últimos anos de nosso país?

3. A etapa da crise

Segue-se assim, a etapa de crise, onde a estrutura imoral anteriormente edificada sobre um sistema de corrupção nos órgãos de poder inicia sua degradação ética. É o momento de implantar estruturas de poder paralelas, como comitês não eleitos. Quem conheceu o
Decreto 8.243 outorgado pelo PT  em 2014 ,há pouco tempo e posteriormente derrubado pela Câmara quando perceberam que a estratégia era fiscalizar as contas dos Governos Federais, Estaduais, Municipais e sub prefeituras..
 
Um exemplo da Lei 8.243 outorgado pelo PT ,que fez com que usassem está 3º parte da Subversão Ideológica aplicada pela Direita.

DECRETA:

Art. 1º Fica instituída a Política Nacional de Participação Social - PNPS, com o objetivo de fortalecer e articular os mecanismos e as instâncias democráticas de diálogo e a atuação conjunta entre a administração pública federal e a sociedade civil.

Parágrafo único. Na formulação, na execução, no monitoramento e na avaliação de programas e políticas públicas e no aprimoramento da gestão pública serão considerados os objetivos e as diretrizes da PNPS.

Art. 2º Para os fins deste Decreto, considera-se:

I - sociedade civil - o cidadão, os coletivos, os movimentos sociais institucionalizados ou não institucionalizados, suas redes e suas organizações;

II - conselho de políticas públicas - instância colegiada temática permanente, instituída por ato normativo, de diálogo entre a sociedade civil e o governo para promover a participação no processo decisório e na gestão de políticas públicas;
O custeio governamental para a Militância de Ambientes Virtuais foi uma outra forma de suporte à revolução. Se o poder total lhes é negado pela “democracia”, as autoridades principais procuram de todas as formas, estabelecer um poder paralelo. O Brasil esteve, até o impeachment, nesse terceiro estágio: o balanço de poder alternava-se constantemente.

A partir deste decreto a Direita implantou a crise para derrubar o Governo do PT !

4. A normalização
 
Em função da extensão da terceira etapa de crise e do imenso caldo cultural que foi implantado nas mentes das pessoas dos últimos anos, o sucesso da Revolução Cultural ainda é plenamente possível. A população dividida procura um salvador, cujo sucesso pode manifestar-se sob qualquer manto que leve palavras dóceis para as pessoas.

A implantação de uma nova ordem seria a consolidação da última etapa da subversão:
  • a normalização, ironicamente entendida como o restabelecimento da sociedade. À força, naturalmente. E com os meios de exploração do país ampliados.
 A Venezuela encontra-se exatamente nesse estágio atualmente, com o ditador da Direita tentando dar o golpe final, contra uma nova constituinte de Maduro. Esperamos que a população resista. No Brasil, até a definição de um presidente com a força necessária para definir o rumo que seguiremos, ficaremos em estado de espera.

Sabemos, porém, quem são os agentes da direita mais interessados na implantação de uma ditadura contra do povo. O PT e outros partidos de esquerda ratificaram o apoio à gestão politica jurídica de Nicolas Maduro para evitar a volta da ditadura.
  • Alcançou-se um ponto em que a implantação da revolução não é mais algo oculto. Só continua desconhecido para quem realmente não quer compreender a situação.
  
YURI BESMENOV E SEUS VÍDEOS - CONCLUSÃO

Os vídeos completos de Besmenov estão agrupados nesse
link do You Tube e são excelentes para entender a fundo como os conceitos de subversão ideológica dão suporte à Revolução Cultural. Em alguns deles, o responsável pela edição do vídeo relacionou-os com alguns momentos que vivemos há pouco tempo no Brasil. Pela internet, é fácil achar fragmentos de tais palestras e entrevistas, caso o leitor não possua muito tempo.

Porém, é revelador como ele explica a substituição da responsabilidade individual por uma tal de
responsabilidade coletiva, capitaneada pelos burocratas do governo, com o aumento crescente de seu poder.
  1. Como os órgãos e as instituições públicas, que deveriam servir as pessoas, servem à consolidação de uma supremacia elitizada ainda maior. Como o relativismo cultural corrói, dia a dia, os pilares éticos da sociedade.
  2. Como a ideologia revela que os desejos de mudar o mundo não está sustentado na liberdade individual, mas simplesmente, são investidas para uma maior dominação.
  3. Como a igualdade deveria ser entendida como um direito às mesmas oportunidades e não como uma condição de existência.
Como a violência não poderia justificar uma suposta justiça social.

O objetivo deste trabalho de analise da SUBVERSÃO IDEOLOGICA não é estender ainda mais o artigo, pois desejo incentivar a visualização do vídeo, que é uma aula de racionalidade. É um discurso realizado de forma didática e principalmente, com uma análise de ambos os lados da moeda.
Sou crítico em alguns aspectos, principalmente quando ele defende algum grau de intervenção externa em países em crise e na supressão de direitos de grupos específicos, uma vez que não concordo com a generalização de rótulos.

Não atingir uma situação que hoje vive nossa vizinha Venezuela depende, entretanto, de uma absorção maior da razão no seio da sociedade. Eliminar toda essa bagagem que foi ensinada nas escolas e universidades nas últimas 3 ou 4 décadas, infelizmente, não é algo trivial.
 Porém precisamos oferecer informação para que ao menos, uma parte da sociedade entenda todo esse jogo político que culmina na implantação da revolução cultural, não sendo somente um fantoche ou vítima do processo.
E que sempre lembrem que a base de tudo, é a preservação de nossa liberdade individual para que possamos trabalhar a coletividade dentro da sociedade de comum acordo.
 

quarta-feira, 20 de junho de 2018

SERÁ QUE OS ESTADOS TEM UMA POLITICA LIBERAL ?O QUE É UMA POLÍTICA LIBERALISTA:

A politica liberalista é uma doutrina político-econômica e sistema doutrinário que se caracteriza pela sua atitude de abertura e tolerância a vários níveis. De acordo com essa doutrina, o interesse geral requer o respeito pela liberdade cívica, econômica e da consciência dos cidadãos.
  
 A politica liberalista surgiu na época do iluminismo contra a tendência absolutista e indica que a razão humana e o direito inalienável à ação e realização própria, livre e sem limites, são o melhor caminho para a satisfação dos desejos e necessidades da humanidade. Este otimismo da razão exigia não só a liberdade de pensamento mas também a liberdade política e econômica.
VEJA MAIS SOBRE O SIGNIFICADO DO ILUMINISMO.
O liberalismo acreditava no progresso da humanidade a partir da livre concorrência das forças sociais e era contrário às acusações das autoridades (religiosas ou estatais) sobre a conduta do indivíduo, tanto no campo ideológico como no campo material, devido à sua desconfiança básica sobre todo o tipo de obrigação (individual e coletiva).
Na sua origem, a politica liberalista defendia não só as liberdades individuais mas também as dos povos, e chegou mesmo a colaborar com os novos movimentos de libertação nacional surgidos durante o século XIX, tanto na Europa como nos territórios ultramarinos (sobretudo na América Latina).
No âmbito político, o liberalismo deu os seus primeiros passos com a revolução francesa e americana; os direitos humanos constituíram, seguidamente o seu primeiro ato de fé político.
  • A politica liberalista foi a ideologia política da burguesia (liberal), a qual, amparada por essa ideologia, conseguiu conquistar uma posição predominante durante o século XIX e até à I Guerra Mundial, altura em que se tornou a força política dominante em quase todo o mundo ocidental.
O princípio da liberdade na vida econômica, proclamado pelo liberalismo, se desenvolveu primeiramente em condições de grandes desigualdades sociais (como consequência da falhada libertação do campesinato na Europa, guerras napoleônicas e do rápido crescimento demográfico), e posteriormente teve uma forte reação através das doutrinas socialistas e comunistas, cujos movimentos se tornaram opositores do liberalismo bem mais fortes do que as correntes conservadoras e tradicionais.
O fracasso do liberalismo face aos grandes problemas políticos e sociais que, depois da I Guerra Mundial, surgiram na Europa central teve como consequência que a Alemanha, Itália e outros países mergulhassem em crises profundas e prolongadas, que contribuiu para o florescimento de sistemas totalitários (fascismo, nacional-socialismo, falangismo, etc.).
Posteriormente à II Guerra Mundial e face a outros movimentos de tendência democrata-cristã ou social-democrata, o liberalismo ressurgiu, pretendendo constituir de novo uma opção no campo político e econômico.


Agora onde está a constituição desta nova opção no campo politico econômico?

segunda-feira, 18 de junho de 2018

MP 470/2009.!!!PORQUE MARCELO ODEBRECHT O DONO DE EMPREITEIRA AGIU PARA MUDAR MP?

Antônio Palocci: ex-ministro, quando deputado, atuou para colocar a Odebrecht em contato com Guido Mantega discutirem a MP 470/2009, onde está o erro?
 
 
Os ex-ministros da Fazenda Antonio Palocci e Guido Mantega e o empresário Marcelo Odebrecht agiram para beneficiar em uma medida provisória o grupo econômico, "em especial a Braskem ", segundo afirma o delegado Filipe Pace no indiciamento de Palocci por corrupção.
 
A empresa teria atuado para mudar o texto da Medida Provisória 460, que tratava de temas tributários. Na modificação, o Congresso criou alternativas para compensar a extinção do crédito-prêmio do IPI, um incentivo fiscal a exportadoras.
 
Análise de e-mails de Odebrecht mostra que foi sugerida a edição de uma MP que possibilitasse o parcelamento dos débitos tributários, com a condição de redução de 100% das multas de qualquer natureza, inclusive de ofício, e o uso de saldos de prejuízos fiscais e base negativa de cálculo, próprias ou de empresas do mesmo grupo econômico, na liquidação de débitos.
 
Em mensagem de 2 de setembro daquele ano, Marcelo Odebrecht encaminha a Antonio Palocci, por intermédio de seu assessor Branislav Kontic (que também está preso preventivamente) informações sobre a adoção dos chamados "prejuízos fiscais". Palocci neste tempo era deputado federal. Poucos dias antes, segundo a PF, em 28 de agosto de 2009, Marcelo Odebrecht determinou ao executivo Alexandrino Alencar que providenciasse a entrega de documentação a Palocci, ao então assessor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho, e a assessores do, à época, ministro da Fazenda Guido Mantega. Os documentos elencavam razões para que os débitos do crédito-prêmio de IPI e o IPI zero tivessem o mesmo tratamento.
 
Em mensagem de 15 de setembro de 2009, Odebrecht indagou a Kontic se Palocci "havia conseguido agendar reunião entre eles e Guido Mantega, circunstância em que (...) fazia referências às intenções de Marcelo, com o auxílio explícito de Antonio Palocci, de buscar junto ao então ministro da Fazenda a edição de medida provisória que viesse a favorecer o grupo empresarial na questão do crédito-prêmio de IPI e IPI zero".
 
Em 5 de outubro, um executivo da Braskem, Maurício Ferro informou Marcelo Odebrecht, por e-mail, sobre mensagem que encaminhou ao então secretário-executivo da Fazenda, Nelson Machado. "Chamou a atenção o fato de que Maurício Ferro pareceu ter sugerido a Nelson Machado a redação de dispositivos legais", alerta o delegado Pace.
 
  • "Caro Nelson, seguem as propostas de que falamos na nossa reunião de quarta-feira. As duas primeiras (uso dos prejuízos fiscais do grupo econômico e dedução dos prejuízos fiscais de 2009, oriundos da despesa efetivamente incorrida com o desconto do Refis) já tratamos na nossa reunião. Por favor, veja se a redação atende. As outras duas visam gerar prejuízo fiscal com base no conceito discutido de antecipação de fluxo. A que trata do ágio é lastreada, inclusive, em direito já existente", afirma.
 
Dois dias depois Maurício Ferro informa Marcelo Odebrecht que enviou mensagem a Nelson Machado sobre as tratativas em torno do parcelamento dos débitos.
 
  • De acordo com a PF, "dias após as tratativas demonstradas, foi publicada a Medida Provisória nº 470/2009, que tratava da constituição de fonte adicional de recursos para ampliação de limites operacionais da Caixa Econômica Federal e dava outras providências", entre as quais a possibilidade de parcelamento dos "débitos decorrentes do aproveitamento indevido do incentivo fiscal setorial" e dos "oriundos da aquisição de matérias-primas(...)".
 
A PF destaca o fato de que em 30 de novembro de 2009, o então líder empresarial Bernardo Gradin comunicou aos integrantes do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal da Braskem a adesão ao Programa de Parcelamento de Débitos previsto na MP 470/2009.
 
Procurada, a Braskem disse que : -
  • reafirma compromisso com a elucidação dos fatos". A Odebrecht não se pronunciou sobre o assunto. Os advogados de Palocci e Kontic afirmam que as prisões e indiciamentos de ambos não se baseiam em fatos concretos.
Nelson Machado, em nota, disse que a disputa judicial relativa ao crédito-prêmio IPI durou décadas e terminou com vitória judicial da União no STF.
"Todos os exportadores que haviam usado esse crédito para pagar seus tributos ficaram a descoberto e, em função disso, foi editada a MP para permitir o parcelamento desses tributos", afirmou.
 
Ele confirma que a MP foi debatida entre o governo e "entidades da classe empresarial", mas afirma não se recordar "das pessoas que participaram da discussão".
 
O congresso aprovou e cancelou a medida 5 meses depois!!

ATO DO PRESIDENTE DA MESA
DO CONGRESSO NACIONAL Nº 24, DE 2009

  O PRESIDENTE DA MESA DO CONGRESSO NACIONAL, cumprindo o que dispõe o § 1º do art. 10 da Resolução nº 1, de 2002-CN, faz saber que, nos termos do § 7º do art. 62 da Constituição Federal, com a redação dada pela Emenda Constitucional nº 32, de 2001, a Medida Provisória 470, de 13 de outubro de 2009, que "Constitui fonte adicional de recursos para ampliação de limites operacionais da Caixa Econômica Federal e dá outras providências. ", terá sua vigência prorrogada pelo período de sessenta dias.

Congresso Nacional, 7 de dezembro de 2009.


Deputado MARCO MAIA
Primeiro Vice-Presidente da Mesa do Congresso Nacional,
no exercício da Presidência


ATO DECLARATÓRIO DO PRESIDENTE DA MESA
DO CONGRESSO NACIONAL Nº 11, DE 2010

O PRESIDENTE DA MESA DO CONGRESSO NACIONAL, nos termos do parágrafo único do art. 14 da Resolução nº 1, de 2002-CN, faz saber que a Medida Provisória nº 470, de 13 de outubro de 2009, que "Constitui fonte adicional de recursos para ampliação de limites operacionais da Caixa Econômica Federal e dá outras providências", teve seu prazo de vigência encerrado no dia 23 de março do corrente ano.

Congresso Nacional, em 30 de março de 2010

Senadora SERYS SLHESSARENKO
Segunda Vice-Presidente da Mesa do Congresso
Nacional, no exercício da Presidência


 Fonte:http://sislex.previdencia.gov.br/paginas/45/2009/470.htm.

 
 
 

PEC A REGRA DO OURO !!!!!ROUBARAM TANTO QUE AGORA QUEREM CENTRALIZAR A ECONOMIA PUBLICA!

DESTA FORMA ENFRAQUECERA O ESTADO LEVANDO O SETOR PRIVADO A ASSUMIR A ECONOMIA INTERNA!



Estas mudanças , não resolverá o problema dos gastos públicos e sim criará mais problema a politica societária!

A PEC afasta a punição pela violação da norma, desde que os gestores adotem medidas prudenciais ou de ajuste. As providências precisarão ser adotadas quando já houver risco de descumprimento, ou seja, quando as receitas de operações de crédito (oriundas da emissão de dívida) equivalerem a 95% das despesas de capital.

Nesse caso, o governo já ficará proibido de aumentar despesas obrigatórias acima da inflação, criar cargos, conceder mais subsídios ou incentivos fiscais e tributários, além de ser obrigado a apresentar um plano de redução de despesas e incremento de receitas.

Se a regra de ouro for de fato descumprida, o governo precisará adotar medidas adicionais, que incluem a suspensão do abono salarial, o cancelamento de repasses de 40% do FAT como fonte de recursos ao BNDES, a redução da jornada (com corte proporcional de salários) do funcionalismo por até 12 meses, corte de pelo menos 20% em cargos comissionados e funções de confiança, exoneração de servidores não estáveis e corte de ao menos 20% nas despesas com publicidade.

 Também serão aplicados nesse caso um aumento de três pontos porcentuais na alíquota previdenciária de servidores ativos e inativos, civis ou militares, um corte de 10% nos benefícios e renúncias tributárias para cada ano de descumprimento da regra de ouro, o redirecionamento de 10% das contribuições sociais direcionadas ao Sistema S para a Previdência Social e a exigência de um plano de alienação de ativos (inclusive com a cessão onerosa de créditos inscritos em dívida ativa).

No caso mais extremo, quando a regra de ouro for descumprida por três anos consecutivos, o governo poderá demitir servidores com estabilidade, caso ficar constatado que a despesa total com pessoal e encargos sociais cresceu em termos reais desde a implementação do teto de gastos. Pela justificativa da PEC, esse seria um indício claro de que os salários estão pressionando o descumprimento da norma.
O REFLEXO DA ECONOMIA PUBLICA
REFLETE NA ECONOMIA DO SETOR PRIVADO!
Todo o reflexo da economia publica reflete na economia do setor privado, podem esperar que vem mais arroxo em cima da classe trabalhadora por parte dos empresários brasileiros e internacionais que verá uma oportunidade de ganhar mais dinheiro com a desgraça da sociedade.

E quem paga pato será sempre o mais pobre que precisa trabalhar e irá aceitar as condições para não passar fome!

É por isto que bato na tecla que devemos nos organizar e criar uma organização que represente um estado paralelo com força de representação politica!

Mas para isto temos que ter pessoas competentes desde o setor jurídico e politico deste estado paralelo.
A CULTURA POLÍTICA AUTORITÁRIA QUE DOMINA QUASE TODO O NOSSO SÉC. XX e CAMINHAMOS PARA O SECULO XXII SEM SOLUÇÃO!
 O Estado paralelo, ou seja, uma discrepância mais ou menos pronunciada entre os quadros legais e as práticas sociais, entre o que dizem a lei e o Estado, enquanto aplicador formal da lei, e o que ocorre na realidade por omissão, conivência ou tolerância do Estado, quando não por iniciativa do próprio Estado.
 
Contra o pano de fundo da cultura política autoritária que domina quase todo o nosso séc. XX, as duas ondas de modernização legislativa exemplo: -
  • Portugal  passou nos últimos 25 anos (o 25 de Abril e a integração na União Europeia) tiveram um forte cunho democrático, com a consagração avançada de direitos de cidadania e a promoção de relações transparentes e participativas entre cidadãos e suas Organizações, por um lado, e o Estado e a administração pública, por outro.
Uma das áreas de modernização que mais choca com a tradição autoritária e fascizante é a área do direito de acesso à informação e da consequente transparência da administração pública.
Talvez por isso,é esta hoje, uma das áreas em que o Estado paralelo assume proporções gigantes que se torna  preocupantes para muitos governos em muitos países , está chegando a hora das pessoas começarem a pensar nesta Organização de Esquerda e torna-la um Estado paralelo para controlar os governos de direita.

RESUMINDO:
 
É uma forma de governo não legítimo que por ser oposição costuma efetuar sempre um paralelo analisando as ações governamentais para efetuar criticas ao governo legitimo, normalmente este tipo de governo é utilizado por derrotados políticos somente para efetuar a pertubação de quem esteja governando.
 

Att...
Comandante
Organização Mundial de Esquerda


domingo, 17 de junho de 2018

O COMUNISMO NÃO É CAPITALISTA E SIM UM DISTRIBUIDOR DE RENDA PARA INVESTIMENTO NA ECONOMIA!!!

O capitalismo neoliberal negou e nega ao Estado em nome do povo!O comunismo reafirma os direitos do Estado para que o povo sobreviva, como expressão da verdadeira realidade de uma nação ... Neste sentido comunismo é solidário.
 

 Você ainda acha que o Comunismo é Capitalista?

Por que você está equivocado sobre o comunismo:
  • existem  7 grandes erros que as pessoas cometem sobre ele –e que estes erros fazem  parte  do capitalismo atuar para controlar a população mais pobre e obter mais lucros!

 Um exemplo simples de um ato Comunista:
  • Eu não tenho dinheiro, mas tenho uma saca de 30 Quilos de sementes de milho, se você plantar ,a colheita se dá entre 90 ou 100 dias após a germinação, quando colher você pode vender e não precisa me devolver o lucro é todo seu!
 O que fara com lucro (Bolsa Família), irá comprar produtos de seu consumo gerando empregos e impostos para o estado, e depois ira comprar mais sacas de milho para plantar,assim você faz um ciclo comun+ismo(seguimento) para não ficar sem plantação e continuar fortalecendo a sua casa ,a economia e o governo!
  • Onde esta o ponto comunista dos governos do PT, você saberia explicar? Tem vários, quem se habilita a relacionar?
 
 
 A ditadura não nasceu com os comunistas e sim com os senhores feudais e grandes latifundiários, muitos que implantaram regime comunista ,usaram estas formas dos sistema capitalistas dos setores militares e da polícia se especializadas , em torturar, matar e esconder cadáveres. A censura destes países são proibidas e barra o acesso à informação e força as viverem em exílio , quem fica se torna escravo de um sistema.
 

E o povo demora para retomar o hábito de ir às ruas para se manifestar e cobrar por seus direitos com medo de serem oprimidos.

  • É isto está acontecendo no Brasil!!!
  
Não temos comunismo
neste governo da Direita de forma alguma e sim uma ditadura, politica, jurídica econômica e financeira , onde quem governa sãos os senhores, latifundiários empresários, militares e juízes!
 As pessoas precisam estudar mais sobre civilização dos últimos 12 mil anos e veras como nasceu o capitalismo e o controle de uma sociedade por este sistema Capitalista que logo se tornou Neoliberal ,que é um conjunto de ideias políticas e econômicas capitalistas que defende a não participação do estado na economia, onde deve haver total liberdade de comércio, para garantir o crescimento econômico e o desenvolvimento dos mais ricos, levando a população numa total dependência do estado privado onde eles dão as cartas.
 
 
Se você não aceitar pode ter certeza que irá morrer fome e fica a mercê destes políticos!!
 
 Resumo:-
 
Lula deu a saca de milho(Bolsa familia) e o lucro foram as comidas e roupas que eles os pobres compraram, em contrapartida o governo arrecadou 57,58%, composto ao do capital investido!

Agora me apresenta uma investimento como este que lhe traz este retorno?
Pode rodar o mundo que não encontrará nada parecido.

Att...
Comandante
O-BOPEN A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE ESQUERDA

 

 
 
 

sábado, 16 de junho de 2018

O QUE VOCÊ SABE SOBRE HABEAS CORPUS EM FAVOR DO LULA: ISSO PODE?

Habeas Corpus é o instrumento jurídico (uma ação autônoma) que existe no direito brasileiro para proteger a liberdade de ir e vir (ou permanecer) das pessoas. É a garantia da liberdade individual. 
Qualquer ameaça ou ataque injusto contra a liberdade permite o uso do habeas corpus. A notícia de uma investigação criminal sem pé nem cabeça enseja o seu uso para evitar ou fazer cessar qualquer tipo de constrangimento ilegal à liberdade do cidadão. 

É o instrumento jurídico mais democrático que existe no país: 
  • qualquer pessoa pode impetrá-lo, seja em benefício próprio, seja em benefício de terceiro. 
É o que ocorreu no caso Lula (antes isso já aconteceu em várias situações: 
  •  ex-goleiro Bruno, cantores famosos etc.). 
O que a jurisprudência vem recomendando quando se dá este fenômeno? 

QUALQUER MINISTRO OU JUIZ QUE SE PREZE DEVE INTIMAR O RÉU OU SEUS ADVOGADOS PARA O ACEITE DO HABEAS CORPUS! 

É preciso intimar o paciente (o beneficiário) e seu advogado (caso já o tenha constituído) para manifestar seu interesse no pedido. O HC impetrado por terceiro pode ser benéfico ou maléfico (mal impetrado, sem documentos, sem argumentação coerente etc.). Se há todos os quesitos do processo legal ele será benéfico.Daí a imperiosa necessidade de se ouvir o interessado. 

Vejamos um exemplo clássico de não intimação do réu, que infligiu as leis dentro do processo legal:- 

FALTA DE INTIMAÇÃO PESSOAL DO RÉU LEVA 2ª TURMA A ANULAR TRÂNSITO EM JULGADO 

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), em voto relatado pelo ministro Gilmar Mendes, anulou certidão de trânsito em julgado de acórdão proferido pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) e reabriu o prazo para interposição de recurso contra a condenação imposta em segunda instância ao motorista E.M. Acusado pela prática do crime de furto qualificado, ele foi absolvido em primeiro grau. O Ministério Público paranaense apelou ao TJ-PR e obteve a condenação do motorista a seis anos e oito meses de reclusão em regime inicialmente fechado. 

Ocorre que somente o defensor dativo foi intimado pessoalmente da publicação da decisão, por meio de carta de ordem. A comunicação da condenação ao réu deu-se somente pela imprensa oficial, embora ele resida no mesmo endereço há 25 anos. E.M. está preso desde 13 de julho do ano passado. Para o ministro Gilmar Mendes, a circunstância configura afronta ao devido processo legal, o que justifica a superação da Súmula 691 e a concessão da ordem no Habeas Corpus (HC 105298). 

“Tenho para mim que, dada a singularidade da espécie sob exame – envolvendo sentença absolutória e acórdão condenatório em segundo grau –, a falta de intimação pessoal do paciente patrocinado por defensor dativo, houve afronta ao devido processo legal, mais especificamente às vertentes do contraditório e da ampla defesa, pois é perfeitamente razoável se concluir que o paciente pode não ter tomado ciência da intimação pela imprensa oficial, o que lhe retiraria, por conseguinte, a oportunidade de deliberar sobre a conveniência ou não da interposição de pertinentes recursos”.. 

No HC impetrado por terceiro em favor de ex-goleiro Bruno sem seu consentimento (HC 111.788) o então presidente do STF, Min. Cezar Peluso (veja o site da Corte Suprema) fez exatamente isso: 
  •  procurou ouvir o interessado e então se descobriu que ele não tinha nenhum nteresse naquele HC. 
No caso do HC em favor do Lula o pedido ,tenho como analise de varias matérias que, dada a singularidade da espécie sob exame – envolvendo sentença absolutória e acórdão condenatório em segundo grau –, a falta de intimação pessoal do paciente patrocinado por defensor dativo, houvera afronta ao devido processo legal, mais especificamente às vertentes do contraditório e da ampla defesa, pois é perfeitamente razoável se concluir que o paciente pode não ter tomado ciência da intimação pela imprensa oficial, o que lhe retiraria, por conseguinte, a oportunidade de deliberar sobre a conveniência ou não da interposição de pertinentes recursos. 

Súmula 691 

Não compete ao Supremo Tribunal Federal conhecer de habeas corpus impetrado contra decisão do Relator que, em habeas corpus requerido a tribunal superior, indefere a liminar. 

Data de Aprovação

Sessão Plenária de 24/09/2003

SUBVERSÃO IDEOLOGICA DE ESQUERDA REVERSA , VEREMOS COMO SE DÁ ESSE PROCESSO.!!!

VOCÊS PRECISAM TER UMA IDEIA BASICA DE COMO CONSEGUIR DERRUBAR MILITANCIA DIREITA !   As etapas da Subversão Ideológica de Esquerda...