terça-feira, 2 de outubro de 2018

ESQUERDA PAULISTA EXPLICA ISTO PARA AS PESSOAS , OS DADOS FORAM EXTRAÍDOS DO TSE!!

PT Luiz Martinho x PSDB João Doria Governos de São Paulo quem ganha esta disputa?

SÃO PAULO NÃO TEM COXINHA PARA ELEGER UM GOVERNADOR A MILITÂNCIA PRECISA TRABALHAR MELHOR AS PESSOAS DE ESQUERDA E DA ESQUERDA!!!!
 
FAZER POLITICAGEM É FÁCIL NÃO É,
ENTÃO VAMOS VER AGORA EXPLICAR.
 
 
Vamos relembrar 2014 !
 
 João Doria, do PSDB, foi eleito como prefeito de São Paulo teoricamente derrotado pelos indecisos em nossa sociedade por falta de ORIENTAÇÃO POLITICA.
O resultado de 100% das urnas apuradas.
Ao final da apuração,
A confusão
O tucano tinha 3.085.187 votos, o que corresponde a 53,29% dos votos válidos ou seja de 5.465.023 votos.
Votos Eleitoral esperados de 8.883.324
_________________________________________________
votos brancos ( 5,29%)  =    469.927
nulos                 (11,35%) = 1.008.257
de abstenções (21,84%) = 1.940.117
_________________________________________________
Total de votos golpistas = 3.418.301
Votos de João Doria      = 3.085.187  x Votos Haddad = 2.379.836 = uma diferença de 705.351 pessoas!
 
 
Apesar do resultado já definido no primeiro turno, a votação também foi marcada pelo alto índice de votos brancos , nulos e de abstenções, que juntos somaram 38,84% do eleitorado de 8.886.324 pessoas aptas a votar.
 
  •  Ou seja quem não votou foram pessoas desorientadas politicamente pela mídia golpista!
Vamos refletir , e parar de culpar as pessoas, devemos culpar a nós mesmos ,nossos políticos e a militância que não souberam fazer as orientações corretas para que as pessoas votassem corretamente.
 
 
Fica uma pergunta porque em 2018 o PT está em Alta, e em 2014,2015 e 2016 estava nas cinzas ,alguém pode me responder?
 
 
Espero que tenham entendido!!!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O-BOPEN UMA ALERTA ECONÔMICO CONTRA SISTEMA NEOLIBERAL CAPITALISTA ENTENDA!

O ÚNICO CAMINHO DO CRESCIMENTO PARA VENCER O SISTEMA NEOLIBERAL CAPITALISTA SERÁ A INCLUSÃO DE 180 MILHÕES COMO CONSUMIDORES NA ECONOMIA BR...