sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

O-BOPEN APOIA A ESTATIZAÇÃO DA PREVIDENCIA PRIVADA NO PROJETO DE ESQUERDA NACIONALISTA!

Qual a diferença entre a previdência social e privada? Previdência Privada  x Previdência Social qual suas diferenças de ordem tributaria e societária a que ambas geram lucros  Estado Privado ou Estado Publico?

No Brasil, vigoram as previdências social e privada, de acordo com os artigos 201 e 202 da Constituição Federal de 1988.

Mas será que ela foi feita para beneficiar a classe operaria ou um núcleo de uma cúpula financeira?

  • Com base nisso e nos atrativos da previdência privada, nota-se cada vez mais a utilização desse modelo como uma complementação para garantir segurança e tranquilidade na hora da aposentadoria oficial ou, como é mais conhecida, previdência social.
 Além disso, a previdência privada ainda oferece outros benefícios dependendo do tipo escolhido, como o diferimento no imposto de renda para aqueles contribuintes que utilizam o modelo completo. Foi tudo orquestrado para manter u Sistema Neoliberal Capitalista no Brasil, desta forma pode-se equilibrar a Esquerda e a Direita em nossa Constituição Federal!
Mas algo tinha de errado nesta emendas constitucionais que o PT não quis assinar!

Vamos entender melhor qual é a diferença entre previdência social e privada?
Este artigo aborda isso, o panorama atual no País e as supostas vantagens dos planos privados.
  • Confira!
 Panorama da previdência social e privada no Brasil

A previdência social é o sistema de proteção ao trabalhador que tem como carro-chefe o benefício de aposentadoria.
  • Toda a organização e operacionalização da previdência social são feitas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
 PREVIDENCIA OFICIAL DENTRO DO SISTEMA COMUNISTA SOCIALISTA

A previdência oficial é aquela já bem conhecida, em que todo trabalhador formal brasileiro está automaticamente segurado. De acordo com algumas exigências, poderá ter auxílio-doença, aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição ou ainda aposentadoria por invalidez, dentre outros benefícios.

  • Observando o atual cenário da previdência social no Brasil, os assuntos que estão em voga são a reforma previdenciária proposta pelo governo federal e o déficit do Seguro Social e da  Educação parte dos empresários que não pagam sua contribuições gerando um déficit de R$ 300 bilhões de Reais
  • Já no setor previdenciário, onde o trabalhador faz sua contribuição esta superávit de R$ 625 bilhões um Regime Geral da previdência social, responsável pelo pagamento da aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente e outros benefícios para aqueles que adquirirem o direito a estes benefícios segundo o previsto pela lei.
O INSS trabalha junto à Dataprev, empresa de tecnologia que faz o processamento de todos os dados da Previdência
 

 
O rombo nas contas do INSS é um risco para as aposentadorias futuras, devido a inadimplência das grandes empresas que não pagam suas contribuições de forma assíduas.. Com o intuito de adotar uma estratégia para melhorar a saúde financeira do sistema, a reforma previdenciária obrigam a  apertar as regras, como o aumento da idade mínima para aposentadoria.
 
Desta forma este fator dentro do setor privado do Sistema Neoliberal Capitalista, levam  muitos brasileiros a uma má visão do setor publico , e estão procurando planos de previdência privada para se protegerem do déficit Previdenciário( Inexistente)  para amenizar os efeitos da reforma na legislação sobre as finanças pessoais no futuro.

O medo do povo ou povo com medo ?
  • Desta forma o Sistema Neoliberal Capitalista continua entrando nos países latinos levando informações falsas a sociedade, uma vez que eles sabem que uma população não orienta e muitos menos politizada é mais fácil enganar com dados falsos. 
 O MEDO LEVA AS PESSOAS A TOMAREM DESCISOES SEM SABEREM QUE ESTÃO SUSTENTANDO UM SISTEMA QUE PODE SER CHMADO DE TIGRE DE DENTES AFIADOS!
 
Diferente da previdência social, os planos de previdência complementar (ou privada) é considerado por muitos ,uma excelente opção para quem quer complementar a renda da aposentadoria pelo INSS.
 
Atualmente, o teto da previdência social é de R$ 5.579,06. Você sabe o que isso quer dizer?
 
Você só contribui sobre esse valor máximo e somente poderá receber um benefício até esse limite, o que pode gerar uma grande diferença no estilo de vida de muitos contribuintes.
  • Observando o mercado de previdência privada atual, pode-se observar que cerca de 12,5 milhões de pessoas já aderiram a essa modalidade, segundo pesquisa da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi) apresentada pelo Jornal da Globo.
A mesma pesquisa também apontou aumento de 7,64% na captação líquida de recursos por esses planos em 2016, no comparativo com o ano anterior. No total, são R$ 52 bilhões alocados nessa modalidade de investimento.
Outra informação importante é sobre a segurança e confiabilidade da previdência privada. No Brasil, esse mercado é regulado pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), que controla e fiscaliza as instituições atuantes.
E como explicado neste Guia Completo da Previdência Privada,
  • ela exige reservas técnicas (semelhante a garantias) para cada 1 real que você tiver aplicado em alguma previdência específica”.
Agora fica uma pergunta o que impede de ter uma previdência privada complementar dentro do Sistema Comunista Socialista?
  • Dentro de uma reforma tributaria poderia se aumentar o poder do estado sobre o sistema de Previdência Privada para aumentar o volume financeiro de sustentabilidade do setor de saúde publica.
O USO DE SEU DINHEIRO PARA SUSTENTABILIDADE DO SISTEMA NEOLIBERAL CAPITALISTA.
 
Uma vez que o setor de empresas de previdência privada , usa seu dinheiro para fortalecer o sistema da cúpula financeira do Sistema Neoliberal Capitalista para encontrarem meios de sucatear o Estado e tomar conta do Sistema da Previdência Social em qualquer país , desta forma você terá que pagar para se aposentar e sustentar os senhores do SISTEMA NEOLIBERAL CAPITALISTA, eles não fazem nada pelo social da classe operaria!
  • Agora estatizando este sistema privado fortalecerá o estado na qual poderá fazer muito pelo social das pessoas dentro de uma sociedade ou seja uma trabalho de Nacionalismo!
 
Tipos de previdência privada: PGBL x VGBL
Você já entendeu que a previdência privada é muito importante para a complementação de renda; agora é o momento de entender melhor as diferentes modalidades.

  • A previdência privada pode ser aberta ou fechada.

 A modalidade fechada é aquela representada pelos fundos de pensão, por exemplo, que são investimentos previdenciários somente acessíveis a determinados grupos. O tipo aberto é aquele administrado por bancos, em que qualquer pessoa interessada pode realizar a contratação.

No caso da previdência privada aberta, existem

dois tipos de planos: PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre).

  • O PGBL é indicado para contribuintes que fazem a declaração do Imposto de Renda (IR) pelo modelo completo, pois assim poderão se beneficiar com o diferimento de até 12% da base do IR. A incidência do imposto ocorre sobre o valor total do resgate, incluindo o montante investido e os rendimentos da aplicação.
Mas e o VGBL?
  • Nesse caso, não há diferimento de IR, mas o plano ainda apresenta vantagens para aquelas pessoas que pensam a longo prazo, uma vez que só haverá o pagamento do imposto sobre os rendimentos ganhos, não incluindo os aportes financeiros. Quem não utiliza a declaração do IR pelo modelo completo, também deve preferir o plano VGBL.
Independentemente do tipo escolhido, a previdência complementar se mostra como boa opção de investimento para o seu futuro, já que poderá manter o seu padrão de vida, deixando você e sua família mais tranquilos. E o mais importante: não dependendo somente do governo e das constantes mudanças que acontecem com a previdência social.
  
Vantagens de adotar um plano de previdência privada,escolhida por medo das informações errôneas declaradas pelo Sistema Neoliberal Capitalista.
 
O primeiro ponto que chama a atenção das pessoas para a previdência complementar é exatamente a complementação da aposentadoria pelo INSS. Esse tema já foi apresentado no artigo, mas, para relembrar, o principal motivo disso é o teto previdenciário, o risco do rombo nas contas da previdência e a prevenção às reformas previdenciárias.
 
Outra vantagem da previdência privada é o benefício fiscal.
  • O abatimento de até 12% no IR para o PGBL e a não incidência do imposto sobre o montante investido no caso do VGBL diferenciam esses planos de outras formas de investimento.
Em terceiro lugar, pode-se considerar a diversificação de investimentos, seguindo a linha de pensamento de que “não se deve guardar todos os ovos na mesma cesta”.
 
Para combinar aplicações financeiras em uma carteira com boa rentabilidade e risco reduzido, é indicado escolher alguns investimentos de baixo risco e outros de mais alto risco. Nesse ínterim, a previdência privada é uma opção para a alocação de investimentos.
 
Por fim, a transmissão de herança por meio da previdência complementar é outra vantagem. A sucessão patrimonial por meio de um fundo de previdência privada é interessante porque não há incidência de tributos se o herdeiro continuar com o investimento.
 
Além disso, esse meio reduz custos cartorários e advocatícios, já que o processo é bem mais simples do que outros métodos.
  
Imposto de Renda na previdência privada
 
A maioria dos investimentos financeiros no Brasil tem incidência de impostos, por causa da geração de renda.
  •  A previdência privada também tem cobrança de IR.

O regime de tributação pode adotar uma dentre duas formas:
  • a tabela progressiva ou a regressiva.
 A tabela de IR progressiva tem a alíquota do imposto aumentada proporcionalmente ao montante resgatado. Essa metodologia é melhor para quem pretende resgatar um valor pequeno. A tabela é a seguinte:

Valor de Resgate   Alíquota de IR

Até R$ 1.787,77a R$ 2.679,29a R$ 3.572,43a R$ 4.463,81após R$ 4.463,82
0%7,50%15%22,50%27,50%

A outra opção é a tabela regressiva, na qual a alíquota do IR diminui à medida que o tempo de aplicação é maior. A tabela regressiva é indicada para quem pretende deixar o dinheiro investido por um bom tempo. Os valores seguem a seguinte tabela:

Tempo de aplicação  Alíquota de IR
 
Até 2 anos   De 2 a 4 anosDe 4 a 6 anosDe 6 a 8 anosDe 8 a 10 anosAcima de 10 anos
        35%        30%25%         20%          15%            10%

Taxas relacionadas à previdência privada
A previdência complementar envolve a intermediação de uma instituição financeira, que cobra alguns valores a título de remuneração do trabalho.

O principal custo relacionado à previdência privada é a taxa de administração, cobrada a fim de remunerar o gestor do fundo de previdência. Esse gerente é um profissional especializado no mercado financeiro, que seleciona e faz os investimentos do plano.

A taxa de administração existe em todas as instituições.
  • A indicação é que o valor dessa taxa seja inferior a 1,5% ao ano.
Outra taxa relacionada à previdência complementar é a de carregamento. Esse valor é cobrado para entrar no investimento, como uma espécie de taxa de adesão.
 
Contudo, a taxa de carregamento não é cobrada por alguns planos de previdência privada. Nesse sentido, é importante a indicação de analistas, que recomendam opções com essa taxa zerada.
  
Conclusão:
 
Diferenças entre Previdência Social e Privada
 
Com base em todas as informações apresentadas, agora é possível compreender todas as diferenças entre previdência social e privada.
  • A primeira é que a previdência social é obrigatória para todos os trabalhadores.
  • Enquanto isso, a previdência complementar é opcional.
Outra diferença diz respeito aos custos envolvidos.
  • No INSS, não há taxas.
  • No caso da previdência privada, é cobrada uma taxa de administração pela instituição financeira.
Alguns fundos também cobram taxa de carregamento. Como o mercado é livre, você pode pesquisar a melhor opção de previdência privada de acordo com as taxas.
  • Na previdência oficial, algumas pessoas contribuem para que outras possam receber benefícios, baseado no pacto entre gerações.
Nessa sistemática, um indivíduo pode contribuir pouco e acabar recebendo um benefício grande.
  • Já na previdência privada, a pessoa recebe os valores por ela investidos. Caso tenha feito um investimento significativo, terá um bom benefício; caso contrário, receberá um valor pequeno.
Por fim, a expansão do mercado e da concorrência entre instituições financeiras está melhorando a qualidade dos planos de previdência privada e proporcionando custos menores para os investidores.
 

Mas em contrapartida está alimentado um Sistema Neoliberal Capitalista que pode vir a destruir o Estado em pouco tempo com governos de Extrema Direita dentro de qualquer país do mundo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O-BOPEN E UM AVISO AOS COXINHAS E BOLSOFANTOCHES!VOCÊ É BURRO OU GOSTA DE CORRUPTO?

A caixa preta do Sistema Neoliberal Capitalista sobre o voto contra *corrupção*,na verdade é um ciclo vicioso deste sistema em todas as ele...